segunda-feira, dezembro 07, 2009

SANTIFICAI-VOS! O SENHOR FARÁ MARAVILHAS

DEFINIÇÃO DE SANTIFICAÇÃO: Tornar sagrado, separar, consagrar, fazer santo.

“ Disse Josué também ao povo: Santificai-vos, porque amanhã fará o SENHOR maravilhas no meio de vós.” Josué 3: 5.
Este ato de santificação (Êx. 19.10,14,15) fala do princípio que Deus não operará poderosamente em favor do seu povo se este não estiver intimamente puro e em harmonia com a sua vontade. Antes de pedirmos que Deus opere sinais e maravilhas em nosso meio, devemos verificar se nosso coração é puro e se nossos desejos estão sob a orientação do Espírito Santo (At 2: 38 ; 3: 26).

SIRVAMOS A DEUS EM SANTIDADE
“ De conceder-nos que, libertados das mãos de nossos inimigos, o servíssemos sem temor, - em santidade e justiça perante Ele, todos os dias da nossa vida.” Lucas 1: 74-75.
O sumo propósito da nossa redenção é sermos libertos do domínio de satanás (At. 26: 18), a fim de servirmos a Deus em santidade e justiça perante Ele, todos os dias da nossa vida (Ef 1: 4). Todo filho de Deus deve visar a ter uma vida de santidade e justiça em meio a um mundo mau. Essa vida santa é “perante Ele”, e na sua presença.

SOMOS SANTIFICADOS PELA FÉ EM JESUS
“ Eu o livrarei do seu próprio povo e dos gentios, aos quais eu o envio para abrir-lhes os olhos e convertê-los das trevas para a luz, e do poder de satanás para Deus, a fim de que recebam o perdão dos pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim.” Atos 26: 17-18.
A santificação é o aspecto moral da transformação segundo a imagem de Cristo. Essa santificação tem início quando da conversão, produzindo modificações de natureza essencial em nosso ser moral. Esse processo tem prosseguimento por toda a vida, até que, já no reino celestial, ficará eliminada a presença total do pecado, juntamente com quaisquer inclinações para o pecado.

O SENHOR NOS ESCOLHEU PARA SERMOS SANTOS
“ Porque Deus nos escolheu nEle antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença.” Efésios 1: 4.
“Santos”, no original grego, é “agios”. Tudo quanto é “consagrado a Deus”, naturalmente deve ser “santo” e apto para o seu serviço. E daí se originaram as idéias de “pureza” e “santidade”. Tal palavra é empregada para indicar a santidade infinita de Deus, a santidade dos anjos e dos seres espirituais.

A NOSSA GLÓRIA: VIVERMOS EM SANTIDADE
“ Porque a nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência, de que, com santidade e sinceridade de Deus, não com sabedoria humana, mas, na graça divina, temos vivido no mundo e mais especialmente para convosco.” II Coríntios 1: 12
A base de Paulo para alegrar-se e gloriar-se era a sinceridade e a integridade do seu comportamento. Ele tomara a resolução de que, por toda sua vida cristã, permaneceria fiel ao seu Senhor; recusar-se-ia a conformar-se com o mundo, que crucificou seu Salvador, e perseveraria na santidade, até Deus levá-lo para o lar celestial (Rm 12: 1-2). Na vida eterna futura, nossa maior alegria será a consciência de termos vivido a nossa vida “com simplicidade e sinceridade de Deus”, por Cristo nosso Salvador.

APERFEIÇOEMOS A SANTIDADE NO TEMOR A DEUS
“ Amados, visto que temos essas promessas, purifiquemo-nos de tudo o que contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus.” II Coríntios 7: 1
A neutralização do antigo homem não é o bastante. É mister nos revestirmos do novo homem, o qual é amoldado segundo a imagem de Cristo, que compartilha de sua natureza, tanto na fase moral como na fase metafísica. Precisamos participar da santidade positiva de Deus Pai, compartilhando de seu amor, de sua justiça, de sua bondade, de sua longanimidade, de sua graça, em suma, de tudo quanto o Senhor Deus é moralmente.

DEUS É SANTO, SEJAMOS SANTOS.
“ Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, - pois está escrito: Sejam santos, porque Eu sou santo.” I Pedro 1: 15-16.
Deus é santo, e as qualidades de Deus deve ser as qualidades de seu povo. A idéia principal de santidade é a separação dos modos ímpios do mundo e dedicação a Deus, por amor, para o seu serviço e adoração (Lv 11: 44). A santidade é o alvo e o propósito da nossa eleição em Cristo (Ef 1: 4); significa ser semelhante a Deus, ser dedicado a Deus e viver para agradar a Deus (Rm 12: 1; Ef 1: 4; 2: 10; Hb 12: 14). É o Espírito de Deus que realiza em nós a santificação, que purifica do pecado nossa alma e nosso espírito, que renova em nós a imagem de Cristo e que nos capacita, pela comunicação da graça, a obedecer a Deus segundo a sua Palavra.

JESUS FORTALECE O NOSSO CORAÇÃO, PARA ESTARMOS EM SANTIDADE
“ Que Ele fortaleça o coração de vocês para serem irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus com todos os seus santos.” I Tesalonicenses 3: 13.
Paulo freqüentemente orava pensando na volta de Cristo (Fl 1: 10). Considerava que seria uma tragédia se, na volta do Senhor, alguns da igreja fossem surpreendidos vivendo em pecado ou indiferentes. Jesus salientou esse mesmo interesse (Mt 24: 42-51; 25: 1-13). À luz da volta de Cristo, o padrão bíblico é estarmos “irrepreensíveis em santidade”. Devemos ser sincera e totalmente dedicados ao Senhor e separados de tudo quanto o ofende.

A VONTADE DE DEUS: NOSSA SANTIFICAÇÃO.
“ Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição.” I Tessalonicenses 4: 3.

Embora vivessem numa sociedade onde o pecado sexual era comum e aceitável, os apóstolos não transigiam com a verdade e a santidade de Deus. Não rebaixaram os padrões morais para acomodá-los às idéias e tendências daquela sociedade. Considerando padrões a baixa moralidade que prevalece em nossos dias, precisamos de dirigentes do tipo dos apóstolos, para conclamar a igreja a obedecer aos padrões divinos de retidão.

ANDANDO EM SANTIFICAÇÃO, VEREMOS O SENHOR
“ Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” Hebreus 12: 14.
Ser santo é estar separado do pecado e consagrado a Deus. É ficar perto de Deus, ser semelhante a Ele, e, de todo o coração, buscar sua presença, sua justiça e a sua comunhão. Acima de todas as coisas, a santidade é a prioridade de Deus para os seus seguidores (Ef 4: 21-24). Sem santidade, ninguém poderá ser útil a Deus (2 Tm 2: 20-21). Sem santidade, ninguém terá intimidade nem comunhão com Deus (Sl 15: 1-2).

Um comentário:

  1. Olá tudo bem? Eu sou do Grupo HAS e tenho interesse em colocar um banner no seu blog.
    Na verdade seria uma troca, você colocaria um banner no meu blog e vice versa entre em contato comigo:
    E-mail: has.25@hotmail.com
    Blog: http://has02.blogspot.com

    Conheça também meu novo blog sobre notícias, esse é para adicionar aos favoritos pois tem notícias a todo momento.
    Blog: http://hastv.wordpress.com/

    ResponderExcluir

"QUE GRATA FELICIDADE, SABER QUE VOCÊ NOS VISITOU E NOS DEIXOU UM COMENTÁRIO, ASSIM QUE POSSÍVEL LHE RESPONDEREI COM O MAIOR PRAZER, POR FAVOR DEIXE-NOS SEU E-MAIL SE ASSIM PREFERIR. SUA VISITA É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS...FIQUE EM PAZ...JESUS TE AMA..."